#JuntosParaCuidar

A pandemia parou grande parte do mundo e o comportamento das pessoas mudou e continua mudando constantemente. Todas as áreas precisaram se adequar para conter a evolução de uma doença. O medo da COVID-19 foi capaz de inibir a população nos cuidados com a saúde e isso não pode acontecer, infelizmente existem outras patologias que acometem pessoas e que sem tratamento adequado, podem evoluir e se tornar fatal.

O propósito de um hospital vai muito além de cuidar de doenças, ele também envolve a prevenção contra problemas de saúde. Por isso os hospitais Madrecor, Santa Clara e Santa Genoveva uniram forças a favor de Uberlândia. O movimento #JuntosParaCuidar – Hospitais Unidos por Uberlândia foi idealizado para informar à população que os hospitais da rede privada estão preparados para atender de forma segura.

Dados divulgados pela Associação Nacional de Hospitais Privados (ANAHP) e pela Agência Nacional de Saúde (ANS) mostram que após a pandemia a busca por exames de imagem caiu 70% e o socorro à pacientes com infarto caiu 50%. Isso não aconteceu porque os casos diminuíram, eles continuam acontecendo, porém não estão recebendo tratamento; segundo estudo feito por uma equipe de cardiologistas norte-americanos, este fator fez com que os casos de óbito por infarto crescessem 8 vezes mais no país.

Sabemos que o movimento Fique em Casa é legítimo, mas precisamos falar sobre as saídas necessárias. Portanto, procure seu médico para avaliar a retomada dos seus tratamentos e os cuidados com a sua saúde.

Quais cuidados tomar para ir ao hospital

  • O uso de máscara é obrigatório.
  • Higienizar as mãos constantemente com água e sabão ou álcool gel.
  • Usar papel toalha descartável para secar as mãos e evitar tocar olhos, nariz e boca.
  • Higienizar as mãos assim que sair do ambiente hospitalar.
  • Ao chegar em casa tomar banho, trocar de roupa e lavá-las separadamente.
  • O uso de máscara é obrigatório.
  • Usar papel toalha descartável para secar as mãos e evitar tocar olhos, nariz e boca.
  • Ao chegar em casa tomar banho, trocar de roupa e lavá-las separadamente.
  • Higienizar as mãos constantemente com água e sabão ou álcool gel.
  • Higienizar as mãos assim que sair do ambiente hospitalar.

Cuidados dos hospitais

O Madrecor Hospital reafirma o compromisso de fazer muito mais pela vida do paciente e, dentro desse contexto de pandemia não seria diferente. Para cuidarmos bem de todos aqueles que vêm ao hospital, seja para trabalhar ou para ser atendido, primeiramente organizamos um Comitê de Enfrentamento à COVID-19, que conta com os gestores de todas as áreas do hospital, além de membros da diretoria.

Todos decidem juntos e de acordo com a demanda, as posições a serem tomadas, a fim de otimizar os trabalhos durante a pandemia. Dentro das decisões do Comitê, algumas se destacam como, por exemplo, a criação de um fluxo diferenciado para o atendimento.

As duas entradas do hospital foram dividida sem Entrada A e Entrada B, sendo a entrada A destinada a todos aqueles pacientes que apresentam sintomas de gripe e a entrada B para adultos e crianças sem sintomas de gripe. Tudo isso visa a melhoria no atendimento e triagem de todos os casos, facilitando o processo e diagnosticando o mais rápido possível um paciente suspeito de ter contraído COVID-19.

Todos decidem juntos e de acordo com a demanda, as posições a serem tomadas, a fim de otimizar os trabalhos durante a pandemia. Dentro das decisões do Comitê, algumas se destacam como, por exemplo, a criação de um fluxo diferenciado para o atendimento.

As duas entradas do hospital foram dividida sem Entrada A e Entrada B, sendo a entrada A destinada a todos aqueles pacientes que apresentam sintomas de gripe e a entrada B para adultos e crianças sem sintomas de gripe. Tudo isso visa a melhoria no atendimento e triagem de todos os casos, facilitando o processo e diagnosticando o mais rápido possível um paciente suspeito de ter contraído COVID-19.

Além das entradas separadas e da criação do Comitê, outras ações foram incorporadas à rotina dos nossos colaboradores, visando a proteção e a não contaminação. Para isso, os horários para refeições (cafés, almoços e jantares) foram ampliados, a fim de evitar que muitos colaboradores fiquem juntos em um mesmo local e estipulado um limite de entrada de colaboradores (apenas 24 por vez podem entrar para fazer as refeições).

A nossa clínica de vacinas também se adequou à nova realidade, oferecendo vacinação em formato Drive Thru, em que o cliente agenda o dia e horário que deseja se vacinar e pode ficar dentro do carro, em nosso estacionamento, ser vacinado e logo ir embora. Com isso, oferecemos mais comodidade e segurança àqueles que não desejam entrar no hospital apenas para se vacinar.

A nossa clínica de vacinas também se adequou à nova realidade, oferecendo vacinação em formato Drive Thru, em que o cliente agenda o dia e horário que deseja se vacinar e pode ficar dentro do carro, em nosso estacionamento, ser vacinado e logo ir embora. Com isso, oferecemos mais comodidade e segurança àqueles que não desejam entrar no hospital apenas para se vacinar.

Para finalizar, nossa equipe participa constantemente de atualizações, referentes à uso de equipamentos de proteção individual e orientações aos pacientes sobre como usar a máscara e se proteger ao vir ao hospital. Tudo isso pensando em fazer sempre mais por todas as vidas que por aqui passam.

Tudo isso passará e logo nos abraçamos novamente.

Seguimos prontos para cuidar de você em qualquer momento e com a maior segurança possível. Conheça algumas medidas tomadas em nossas instalações para garantir a sequência dos atendimentos:

Todos os colaboradores que seguem trabalhando nas unidades receberam kits com máscaras que devem ser usadas durante a permanência no hospital e no trajeto de ida e volta para casa. Todos os dias, antes do início da jornada, os colaboradores têm sua temperatura aferida para evitar que doentes permaneçam nas dependências do hospital. Além disso, todos receberam treinamentos sobre uso de equipamentos de EPI's e como manejar pacientes com Covid-19.

O Pronto Atendimento do Hospital Santa Clara mantém suas portas abertas para te receber a qualquer hora. Para cuidar em todas as situações com a maior segurança possível, há sempre um atendente nas portarias fornecendo álcool gel para higienização de mãos e máscara de proteção antes da entrada no hospital.

Para manter os cuidados com a saúde e ajudar no controle e prevenção da COVID-19, toda a nossa higienização foi intensificada. Há álcool gel disponível em todas as unidades e nossa limpeza foi reforçada e a equipe está sempre de prontidão para higienizar os locais de uso comum, mantendo nossos pacientes, médicos, funcionários e visitantes o mais seguros possível.

Em todas as nossas salas de espera, cadeiras foram isoladas de forma a evitar aglomerações e contatos próximos com outras pessoas do local e os locais de formação de fila foram marcados para garantir a distância.

Todos os colaboradores que seguem trabalhando nas unidades receberam kits com máscaras que devem ser usadas durante a permanência no hospital e no trajeto de ida e volta para casa. Todos os dias, antes do início da jornada, os colaboradores têm sua temperatura aferida para evitar que doentes permaneçam nas dependências do hospital. Além disso, todos receberam treinamentos sobre uso de equipamentos de EPI's e como manejar pacientes com Covid-19.

O Pronto Atendimento do Hospital Santa Clara mantém suas portas abertas para te receber a qualquer hora. Para cuidar em todas as situações com a maior segurança possível, há sempre um atendente nas portarias fornecendo álcool gel para higienização de mãos e máscara de proteção antes da entrada no hospital.

Para manter os cuidados com a saúde e ajudar no controle e prevenção da COVID-19, toda a nossa higienização foi intensificada. Há álcool gel disponível em todas as unidades e nossa limpeza foi reforçada e a equipe está sempre de prontidão para higienizar os locais de uso comum, mantendo nossos pacientes, médicos, funcionários e visitantes o mais seguros possível.

Em todas as nossas salas de espera, cadeiras foram isoladas de forma a evitar aglomerações e contatos próximos com outras pessoas do local e os locais de formação de fila foram marcados para garantir a distância.

E para fortalecer nossa missão de cuidar, o Serviço Social implementou as visitas por vídeo, onde através de vídeo chamada colocamos o paciente internado em contato com seus familiares.

Também possuímos um comitê de enfrentamento ao COVID-19 que se reúne diariamente, considerando todas as informações a respeito do tema e deliberando sobre as medidas necessárias a serem implantadas no Hospital.

Tudo isso é realizado, sempre pensando nas necessidades e demandas de nossos pacientes, colaboradores e médicos. Assim podemos garantir excelência em nosso atendimento e seguimento na nossa missão que é cuidar bem de você!

O Santa Genoveva Complexo Hospitalar tem um compromisso com seus pacientes, corpo clínico e colaboradores. Por isso, nesse momento de pandemia intensificamos nossos protocolos de segurança no enfrentamento da COVID-19 garantindo segurança e o bem-estar de pacientes e funcionários. Conheça algumas delas:

No Complexo Hospitalar foi criado um comitê de enfrentamento com o objetivo de divulgar ações educativas e de prevenção, monitorar casos notificados e confirmados da doença e executar Plano Municipal de Enfrentamento e Contingência. Foram implantados fluxos que garantem a separação de pacientes com síndromes gripais dos que têm outras patologias. Neste fluxo foi criado o Pronto Atendimento 2 e uma unidade de internação para tratar somente casos confirmados e/ou suspeitos COVID-19. Aferimos diariamente a temperatura dos colaboradores, além da distribuição de álcool gel como já era de costume.

No Complexo Hospitalar foi criado um comitê de enfrentamento com o objetivo de divulgar ações educativas e de prevenção, monitorar casos notificados e confirmados da doença e executar Plano Municipal de Enfrentamento e Contingência. Foram implantados fluxos que garantem a separação de pacientes com síndromes gripais dos que têm outras patologias. Neste fluxo foi criado o Pronto Atendimento 2 e uma unidade de internação para tratar somente casos confirmados e/ou suspeitos COVID-19. Aferimos diariamente a temperatura dos colaboradores, além da distribuição de álcool gel como já era de costume.

Todos os acessos ao hospital possuem dispenser de álcool gel, e o uso de máscara é obrigatório. As visitas foram suspensas temporariamente para a segurança do paciente e do visitante. Intensificamos o protocolo de higienização em todo hospital, nos corrimãos, roletas, descansos de braços, cadeiras, maçanetas e elevadores.

Todos os acessos ao hospital possuem dispenser de álcool gel, e o uso de máscara é obrigatório. As visitas foram suspensas temporariamente para a segurança do paciente e do visitante. Intensificamos o protocolo de higienização em todo hospital, nos corrimãos, roletas, descansos de braços, cadeiras, maçanetas e elevadores.

Respeitando as regras de distanciamento, nas salas de espera foram isoladas cadeiras para garantir a distância mínima. Todo nosso corpo clínico, enfermeiros, equipe multiprofissional e colaboradores foram capacitados para garantir um atendimento seguro. Protocolos foram desenvolvidos para que todos falem a mesma linguagem. Todas essas medidas são para tornar o ambiente o mais seguro possível para que os pacientes possam vir em suas consultas e realizar os seus tratamentos.

Respeitando as regras de distanciamento, nas salas de espera foram isoladas cadeiras para garantir a distância mínima. Todo nosso corpo clínico, enfermeiros, equipe multiprofissional e colaboradores foram capacitados para garantir um atendimento seguro. Protocolos foram desenvolvidos para que todos falem a mesma linguagem. Todas essas medidas são para tornar o ambiente o mais seguro possível para que os pacientes possam vir em suas consultas e realizar os seus tratamentos.

Confira algumas dicas de como se proteger